Chacina no Rio levou as vidas de sete pessoas

Na noite de sábado uma chacina, em Duque de Caxias, na Baixada Fluminense levou as vidas de sete pessoas. Cinco  morreram no local e duas em hospital por não resistirem aos ferimentos.

Segundo informações da polícia, por volta das 23h30, os bandidos chegaram a um bar encapuzados e fortemente armados, perguntando pelo Policial Militar Adelson Soares dos Santos, de 41 anos. O PM levou mais de dez tiros no rosto, conforme a polícia, informa a Agência Estado.

Em seguida, os assassinos balearam nove pessoas - duas delas ainda estão internadas. As vítimas estavam bebendo no estabelecimento localizado na rua Réia, no Parque Fluminense, e não tiveram tempo de reagir.

Além do PM, também morreram no ataque seis jovens : Leonardo Batista Pinto, de 26 anos; Alberto Santos Barreto, de 22 anos; Anderson da Costa Melo, também de 26; e Tiago Batista, de 21; Marcelo Santos Barreto, de 37 anos e Wanderson Vicente Machado, cuja idade não foi informada.

O caso será investigado pela 60ª Delegacia Policial (Campos Elísios). Ainda não há pistas dos criminosos.

O tenente-coronel Luiz Antônio Corso, comandante do 15º Batalhão da PM (Duque de Caxias), disse que recebeu informações dando conta que os assassinatos estariam ligados a uma disputa entre grupos criminosos rivais que efetuam roubo de cargas.