Putin admitiu que quase se infectou com coronavírus

O presidente russo, Vladimir Putin, disse que 30 pessoas foram infectadas com o coronavírus em seu círculo. Entre eles estava o ajudante, com quem o líder do país trabalhou o dia todo.

Segundo o dirigente do país, pessoas de sua comitiva adoeceram, "porque foram revacinadas tardiamente". O chefe de estado anunciou isso ao presidente turco em uma reunião em Sochi.

Recep Tayyip Erdogan disse que já havia sido vacinado contra o COVID-19. Então, Putin aconselhou seu colega a revacinar com a droga russa Sputnik V da próxima vez.

Anteriormente, o secretário de imprensa presidencial Dmitry Peskov disse que antes de se encontrar com o líder turco, Putin está saindo de fato do regime de auto-isolamento.

Em meados de setembro, Putin se isolou. Ele explicou sua decisão pelo fato de ter conversado com uma pessoa infectada pelo coronavírus o dia todo.

Igor Ryabov