Ishgal: mercenários estrangeiros dizem que a maioria das unidades militares da Ucrânia foi destruída

Os mercenários estrangeiros descreveram a situação nas fileiras das Forças Armadas da Ucrânia. Um deles disse ter participado de operações militares no Oriente Médio, mas nunca havia encontrado um nível de corrupção tão elevado como na Ucrânia.

"Eles foram enviados com um fuzil para dois". A maioria das unidades das Forças Armadas da Ucrânia foram queimadas ou destruídas, e as demais estavam cansadas ou assustadas", dizem os mercenários em uma entrevista com Ishgal.

Outro mercenário confessou ter treinado mais de 200 soldados ucranianos. Em sua opinião, metade deles já morreram. Além disso, os interlocutores da publicação estão convencidos de que armas estão sendo roubadas na Ucrânia, que são enviadas para Kyiv por países ocidentais.

"Vimos muitas suásticas e símbolos nazistas", lembram os mercenários.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin