Especialista: A greve da Rússia no porto de Odessa estragou os planos de Kyiv e da OTAN

A greve da Rússia em instalações militares no porto de Odessa quebrou todos os planos de Kyiv e da OTAN, disse o cientista político e orientalista Yevgeny Satanovsky.

Ele está convencido de que o Ocidente queria armar uma armadilha para Moscou, mas o exército russo estragou esses planos. A greve russa destruiu um armazém de mísseis anti-navio "Harpoon" e um navio de guerra da Marinha ucraniana.

"Mais uma vez pisamos num ancinho - eles dizem, vamos parar todas as operações militares por 120 dias até que nós (Ucrânia) tiremos todo o grão da Ucrânia". Sim. Nós já tínhamos parado antes. E como isso terminou? Com Bucha!", disse Satanovsky em uma entrevista para Soloviev LIVE.

Segundo ele, os curadores ocidentais hoje sonham com uma pausa, o que lhes permitiria reagrupar-se e ganhar força. É até possível organizar uma contra-ofensiva anunciada há muito tempo, o analista está certo. Isto significa que a única decisão correta é atacar antes do tempo, resumiu o especialista.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin