Prefeitos de 15 cidades checas não querem radar dos EUA

Os prefeitos de 15 cidades checas se opõem aos planos de Washington de instalar um radar de alerta antimíssil na República Checa e pedirão o presidente eleito dos EUA, Barack Obama, revisar esses planos , comentou ontem ( 11) o deputado do Parlamento Europeu Giulietto Chiesa, informa Ria Novosti. 

O deputado chegou à República Checa com uma mensagem de 18 colegas dele, que também se manifestaram contra a instalação dos elementos do escudo antimísseis norte-americano na Europa do Este.

“Os prefeitos pedirão Obama ter em conta a opinião de 70 % da população checa , que não quer ver o radar no seu território”, comentou Chiesa.

Os EUA pretendem instalar 10 mísseis interceptores na Polônia e construir um radar de alerta na República Checa. Os acordos respetivos já foram assinados pela administração de George W. Bush.