Chekhov morreu há 100 anos

Popular mas não famoso durante a sua vida, Anton Chekhov criou novas formas de escrever. Leo Tolstoy até afirmou que “as escritas dele são muito melhores que as minhas”.

Hoje, Chekhov figura entre a galeria dos mais famosos escritores russos, juntamente com Alexander Pushkin, Nikolai Gogol, Fyodor Dostoyevsky e Leo Tolstoy – e como dramaturgo, é par de William Shakespeare.

Tinha vendido os direitos da sua escrita a um editor, chamado Marx, mas reteve os direitos às suas peças, que tinha começado a escrever. Depois surgiram as jóias “As Três irmãs”, “A Gaivota”, “O Pomar de Cerejeiras”, “Tio Vanya” e “Ivanov”.

Alguns peritos afirmam que Chekhov salvou a literatura mundial no século 19, que não sabia em que direcção estava a rumar.

Olga SELYANINA PRAVDA.Ru