Monumento aos libertadores de Riga a ser demolido na Letônia

Os deputados da Letônia adotaram uma lei que encerra a cláusula do acordo intergovernamental com a Rússia sobre a proteção de monumentos aos soldados soviéticos, segue uma mensagem no portal do Parlamento letão.

"O Saeima da Letônia, na segunda e última leitura, votou um projeto de lei reconhecido como urgente, interrompendo a operação de um artigo do acordo letão-russo sobre a preservação das estruturas e monumentos memoriais", diz a publicação.

A decisão diz respeito ao artigo 13 do acordo de 1994 com a Rússia. A suspensão de sua ação permite criar uma base legal para o desmantelamento do monumento aos soldados-liberadores no parque de Riga. 70 deputados votaram a favor das emendas, 18 votaram contra, não houve abstenções.

A lei entrará em vigor no dia seguinte ao de sua publicação oficial.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin