O governo negou o programa de chips nos cérebros dos russos

O Ministério da Educação e Ciência da Rússia negou relatos da imprensa sobre um programa para desenvolver chips que podem ser implantados no cérebro. Anteriormente, foi relatado que isso exigiria cerca de 54 bilhões de rublos, e o documento foi supostamente acordado com o presidente Vladimir Putin.

Anteriormente Pravda. Ru falou sobre o problema dos chips com o cientista político Sergei Mikheev.

Segundo fonte do Ministério da Educação e Ciência, isso não é verdade. No final do ano passado, a proposta do projeto foi considerada inadequada.

"Este programa não tem financiamento. No final do ano passado, a nível governamental, ficou decidido que o seu desenvolvimento era inconveniente", cita URA.RU cita nota do Ministério da Educação e Ciência.

 

Pravda.Ru

Foto: https://upload.wikimedia.org/wikipedia/commons/9/93/InternalIntegratedCircuit2.JPG