Muçulmanos russos não sofreram no vale da Mina

Os peregrinos muçulmanos vindos da Rússia não sofreram danos no tumulto ocorrido no vale de Mina, perto de Meca, no qual na véspera perderam a vida 362 pessoas.

Segundo a informação do Ministério dos Negócios Estrangeiros da Rússia, todos os nacionais tinham realizado com um dia de antecedência a cerimônia que acabou produzindo uma tragédia na quinta-feira.

Um pisoteamento maciço ocorreu no último dia do “hadj” aos santuários islâmicos na Arábia Saudita, durante o ritual de apedrejamento de Satanás. No ano passado, um tumulto semelhante havia acarretado 250 mortes e em 1990, quase 1500.

Julia KHOMIAKOVA PRAVDA.Ru

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal