Rússia conquista o Árctico

Andrei Malichev, o Vice-Ministro para a Energia Atómica, confirmou hoje que a Rússia vai construir quatro usinas átomo-eléctricas fluctuantes na costa norte para servir as populações na zona árctica, providenciando energia.

Devido às distâncias enormes, é muito difícil providenciar combustíveis a estas populações por terra. Por isso desenvolveu-se um sistema flutuante que pode ser deslocado dia e noite.

Konstantin KODENETS PRAVDA.Ru