A Rússia quer maximizar a velocidade dos seus mísseis

A Rússia planeja aumentar a velocidade, alcance e precisão dos mísseis hipersônicos, disse o ministro da Defesa, Sergei Shoygu, ao canal de TV Rossiya 1.

“Pretendemos aumentar o alcance das armas hipersônicas no futuro. Trata-se de um aumento de velocidade, se falarmos da tecnologia de hipersom, isso também é um upgrade de precisão e, claro, uma adaptação de portadores a novos tipos de armas", disse Shoygu, respondendo a uma pergunta sobre se a Rússia tinha algo para surpreender outros países.

O exército russo já está armado com novos sistemas de mísseis hipersônicos Kinzhal, sistemas de mísseis Avangard e sistemas de laser Peresvet. A Rússia não só tem armas para surpreender os outros, como também tem armas que podem proteger o país contra qualquer agressão ", disse o ministro.

O presidente Vladimir Putin anunciou novas armas em seu discurso à Assembleia Federal em março de 2018, quando disse que engenheiros russos desenvolveram mísseis hipersônicos voando a uma velocidade superior à do som várias vezes, como os mísseis Kinzhal (Dagger) e Avangard. Em maio deste ano, Putin anunciou que os testes do míssil de cruzeiro hipersônico anti-navio Zircon estavam quase concluídos. O potencial da tríade nuclear da Rússia aumentou consideravelmente devido ao fornecimento de armas de última geração para as tropas e a marinha, observou Putin.

Durante sua coletiva de imprensa anual em dezembro de 2020, Putin disse que os Estados Unidos também estavam desenvolvendo suas próprias armas hipersônicas. Em resposta, a Rússia estava trabalhando em um "antídoto", disse ele.