Kadyrov assassinado

A bomba explodiu por baixo da tribuna onde Kadyrov celebrava o 59º aniversário da vitória das forças armadas da União Soviética sobre as forças fascistas de Hitler na Grande Guerra Patriótica.

Há relatórios de grande número de feridos porém ainda estão a ser verificados os pormenores deste ultraje. Um dos feridos é General Valery Baranov, Chefe do Comando do Exército no Cáucaso Norte

Kadyrov, 52, foi eleito no ano passado. Presidente Vladimir Putin acaba de confirmar a morte de Kadyrov.

Konstantin KODENETS PRAVDA.Ru