Enterro dos mortos em Moscovo

Os 117 reféns mortos durante o resgate estão a ser enterrados hoje em Moscovo. O governo Federal deu ajudas nos ritos funerários.

Dezenas de pessoas foram presas pelas autoridades no rescaldo do acto terrorista, que vitimou 167 pessoas, incluindo os que foram mortas pelos terroristas e os que morreram devido aos efeitos secundários do gás anestesiante utilizado por necessidade pelas autoridades durante a acção de libertação dos reféns.

Os terroristas foram todos liquidados nesta operação, que foi um grande sucesso.

PRAVDA.Ru