Grupo de quatro mais perto de zona económica comum

No dia 23 de Fevereiro, os presidentes dos quatro países assinaram documentos que iriam visar o estabelecimento duma zona económica comum, até Setembro. Ontem, 4 de Agosto, equipas de legisladores aprovaram os documentos.

Haverá um espaço económico comum, uma política económica coesa em vários assuntos, uma harmonização de legislação e uma comissão comum para estabelecer tarifas e regular o comércio entre os quatro países, formando eventualmente uma Organização de Integração Regional.

Os textos dos documentos serão apresentados na reunião do Grupo de Alto Nível em Cazaquistão entre 15 e 16 de Agosto para posteriormente serem ratificados pelos respectivos presidentes.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru