Rússia e Venezuela exploram gás em conjunto

A empresa russa Gazprom – maior explortadora mundial do ramo – e a Petróleo Venezuela irão explorar as reservas de gás em conjunto no Golgo da Venezuela e na costa do Estado Falcón (próximo de Caracas), através do Projeto Rafael Urdaneta.

A exploração será feita com um barco perfurador russo que deve chegar ao país latino-americano nos próximos dias. Inicialmente, a perfuração será de 3 mil pés para alcançar até o local onde fica o gás.

A empresa russa venceu licitação em 2005 para trabalhar no Projeto Rafael Urdaneta em um investimento que chega a US$ 20 bilhões. A Gazprom controla 15% da reserva mundial de gás e é considerada a maior empresa de energia da Rússia.

Enquanto aguarda o início da exploração de gás, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, prepara a visita do primeiro-ministro russo, Vladimir Putin, ao seu país. Ele viajará no final de novembro.

No final de novembro, uma frota russa realizará manobras militares com navios venezuelanos no Mar do Caribe.