O Mundo não vai explodir

Quando Pirs Van der Meer, da Agência Cósmica Europeia, afirmou que o Sol vai explodir daqui a seis anos, matando toda a vida na Terra, os peritos russos do Observatório Astrofísico de Ussurisk levantaram o sobrolho. Aleksei Baranov afirmou que tais declarações não eram profissionais por serem totalmente falsas. O Sol encontra-se numa fase calma, quase dormente, neste momento e prevê-se que daqui a seis anos a astro despertar-se-á, mas nunca numa amplitude perto daquela que foi mencionada pelo cientista holandês.

PRAVDA.Ru