Terrorismo é ameaça para a civilização

Boris Gryzlov, Ministro do interior da Federação Russa, afirmou hoje à imprensa que os recentes actos de terrorismo na Rússia e no estrangeiro são parte duma campanha para criar ondas de choque.

“Não são incidentes separados”, disse o ministro, acrescentando que estes ataques são prova de que há uma campanha mundial proveniente dos terroristas internacionais que visam desestabilizar a ordem para tirarem proveito.

Estes atentados não são para Boris Gryzlov uma ameaça para o indivíduo, nem as forças políticas, mas sim ao estado e à humanidade.

“O terrorismo é uma ameaça à nossa civilização e tem de ser combatido até ao fim”, concluiu o ministro.

Timofei BYELO PRAVDA.Ru