Putin confronta oligarcas

Presidente Vladimir Putin disse que levaria tempo para resolver a questão de corrupção na Rússia. Decidiu confrontar os oligarcas pessoalmente na quarta-feira a noite no Kremlin.

“Este é um problema que não pode ser resolvido num instante”, declarou o Presidente numa entrevista televisiva. Acrescentou que o problema não se resolve unicamente com medidas punitivas e admitiu que a corrupção é um problema diária na Federação Russa.

A honestidade e franqueza do Presidente soma-se à sua determinação de enfrentar o problema e resolvê-lo. A quantia de dinheiro envolvido em actos de corrupção ou “burocracia paralela esforçada” é estimado em 30 bilhões de USD por ano, uma soma gigante que exerce pressões negativas sobre os Pequenos e Médios Empresas, que se acham sem capital para tomarem iniciativas para fazer face à conjuntura económica.

PRAVDA.Ru