Perdas da 155ª Brigada Marítima da Frota do Pacífico da Rússia anunciadas

As perdas da 155ª brigada em batalhas perto do assentamento de Pavlovka, na região de Donetsk, não excedem 1% da força de combate, disse o Ministério da Defesa da Rússia, informou a RIA Novosti.

Sete por cento dos fuzileiros da 155ª brigada foram feridos nas batalhas. A maioria dos militares já voltou ao serviço. Foi possível evitar perdas graves devido às ações competentes dos comandantes, disse o ministério.

Os militares da 155ª Brigada de Fuzileiros Navais vêm conduzindo operações ofensivas eficazes na direção de Uludar há mais de dez dias, avançando por cinco quilômetros.

Anteriormente, o governador da região de Primorsky, Oleg Kozhemyako, confirmou que a 155ª Brigada de Fuzileiros Navais sofreu perdas perto do assentamento de Pavlovka. Há perdas nas fileiras dos combatentes, mas elas são muito exageradas, disse o governador.

Em 7 de novembro, foi noticiado na mídia social que os fuzileiros da 155ª Brigada da Frota do Pacífico haviam registrado um endereço para o governador Kozhemyako. No discurso, os fuzileiros navais falaram de grandes perdas em batalhas em Pavlovka, na República Popular de Donetsk (DPR). A este respeito, os fuzileiros pediram ao governador que entrasse em contato com o Ministério da Defesa russo e resolvesse a situação.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin