Moscou: A Rússia está aberta a todos os contatos para acabar com a crise ucraniana

Moscou apoia a proposta do Presidente francês Emmanuel Macron, que pediu ao Papa Francis para falar com o Presidente russo Vladimir Putin e a liderança dos EUA para retomar o processo de estabelecimento da paz na Ucrânia. Entretanto, é pouco provável que isso afete a posição do presidente ucraniano Volodymyr Zelensky em relação às negociações com a Rússia, disse o porta-voz do Kremlin, Dmitry Peskov, segundo relatórios da TASS.

"Se tudo isso estiver de acordo com os esforços para encontrar possíveis soluções, então temos uma avaliação positiva para isso [a proposta de Macron]", disse Peskov.

No entanto, "esta declaração não diz que alguém deve chamar o Presidente Zelensky e tratar da estrutura legislativa, que a partir de agora proíbe qualquer negociação com o lado russo", acrescentou Peskov.

Anteriormente, Peskov disse que a Rússia estava pronta para discutir possíveis soluções para a crise na Ucrânia com outros países, inclusive com o Papa Francisco.

Repito mais uma vez": A Rússia está aberta a todos os contatos". Mas devemos proceder a partir do fato de que a Ucrânia codificou [legalmente] a não interrupção das negociações", disse o porta-voz do Kremlin.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin