A equipe de investigação conjunta sobre o incidente no Nord Stream se rompe

Suécia, Dinamarca e Alemanha se recusam a investigar conjuntamente a sabotagem na Nord Stream, agora cada um desses países conduzirá sua própria investigação, informou o portal do programa de notícias alemão Tagesschau da empresa de rádio e televisão ARD.

"A Suécia, Dinamarca e Alemanha quiseram investigar conjuntamente a destruição dos oleodutos e descobrir quem é o responsável por isso. Mas isto ainda não vai acontecer", disse o portal de notícias, citando fontes da ARD nos círculos governamentais.

Observa-se que a equipe de investigação conjunta não existe mais. De acordo com reportagens da mídia, primeiro a Suécia se retirou do grupo, e depois a Dinamarca. É especificado que a Suécia expressou preocupação com o sigilo.

"Agora cada país está conduzindo sua própria investigação", observou o portal.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin