Olaf Scholz acusa Putin de ir em cruzada contra o Ocidente

O chanceler alemão Olaf Scholz acusou o presidente russo Vladimir Putin de iniciar uma cruzada contra o Ocidente na forma de uma operação militar especial na Ucrânia. Segundo Scholz, Putin se levantou contra as idéias de liberalismo e a ordem mundial ocidental em geral, a publicação Handelsblatt disse

"Esta guerra não diz respeito apenas à Ucrânia. Muito provavelmente, a liderança russa vê a guerra como "parte de uma grande cruzada". Esta "cruzada" é contra a democracia liberal, contra a ordem internacional baseada em regras", disse Scholz.

O chanceler acrescentou que a Alemanha forneceria às autoridades de Kiev toda a assistência militar e econômica necessária para proteger a soberania e a integridade da Ucrânia.

Anteriormente, Putin disse que a Rússia estava fazendo tudo para criar um sistema de segurança igual e indivisível no mundo baseado em princípios universais e reconhecidos do direito internacional e da Carta da ONU, e não nas regras de outra pessoa.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin