O antigo director da Central Nuclear de Zaporizhzhia informou Kyiv sobre a sua resistência às inundações

Igor Murashov, ex-diretor geral da Central Nuclear de Zaporizhzhia (ZNPP), informou aos serviços de inteligência ucranianos se a central nuclear poderia resistir às inundações.

De acordo com Vladimir Rogov, presidente do movimento "Estamos juntos com a Rússia", o ex-diretor da estação disse que Kyiv se dirigiu a ele com tal pedido.

"Ele recebeu tal inquérito do lado ucraniano. Murashov admitiu que ele mesmo durante o interrogatório", disse Rogov, relatando o Canal Um.

Em 4 de outubro, foi relatado que Igor Murashov, o antigo chefe da ZNPP, foi deportado da Ucrânia. Antes disso, ele admitiu que havia se comunicado com Igor Kazemirsky, um funcionário do Serviço de Segurança da Ucrânia, através de mensageiros instantâneos para informá-lo sobre a situação atual da UNA Zaporizhzhia.

Rogov também disse que Kyiv estava alegadamente preparando uma provocação na usina nuclear. Ele sugeriu que as autoridades ucranianas pretendiam desencadear uma liberação maciça de água em várias usinas hidrelétricas.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin