Cônsul do Japão apanhado em flagrante espionagem na Rússia

Em Vladivostok, oficiais do Federal Security Bureau (FSB) pegaram o cônsul do Japão Motoki Tatsunori em flagrante por espionagem, relata a RIA Novosti.

Oficiais de inteligência detiveram o cônsul enquanto ele comprava informações limitadas de distribuição sobre a cooperação da Rússia com um país da região Ásia-Pacífico e o impacto da política de sanções do Ocidente na situação econômica da região do Extremo Oriente russo (Primorsky Krai).

Foi observado que Tatsunori foi declarado persona non grata.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name Petr Ermilin