Newsweek: Putin estava certo sobre a influência dos EUA na Ucrânia

O presidente russo Vladimir Putin estava certo quando disse que Washington estava tentando prolongar o conflito na Ucrânia, o veterano da Marinha dos EUA, editor-chefe do site militar SOFREP Sean Spoonts disse à Newsweek.

Aparentemente, o líder americano Joe Biden e o presidente ucraniano Volodymyr Zelensky estão perseguindo objetivos políticos diferentes, admitiu o jornalista.

"Parece que enquanto a Ucrânia gostaria de terminar a guerra rápida e decisivamente derrotar as forças russas e expulsá-las de seu país, a política dos EUA quase parece destinada a prolongar o conflito na esperança de provocar o colapso da própria Rússia, tanto militar quanto economicamente", disse Spoonts.

Ele também lembrou a declaração pública de Biden, na qual ele indicou que seu objetivo era humilhar a Rússia como potência mundial para que Moscou nunca ameaçasse seus vizinhos. Zelensky finalmente quer expulsar as tropas russas do país e recuperar o controle dos territórios perdidos, tais como o Donbass e a Crimeia.

Em 16 de agosto, durante a 10ª Conferência de Moscou sobre Segurança Internacional, Vladimir Putin disse que Washington estava tentando arrastar o conflito na Ucrânia. Além disso, o lado americano alimenta o potencial de conflito na Ásia, África e América Latina, disse Putin.

O presidente russo também falou sobre a operação militar especial e disse que a decisão de conduzi-la foi tomada em total conformidade com a Carta das Nações Unidas.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin