Anistia Internacional acusa a Ucrânia de violar o direito internacional

As tropas ucranianas violam as normas legais internacionais e o direito militar ao colocar armas em escolas e hospitais nas cidades e colocar civis em risco, de acordo com um relatório da organização de direitos humanos Anistia Internacional.

"Temos documentado casos em que as forças ucranianas colocaram em perigo a população civil e violaram a lei militar quando operavam em áreas povoadas... Estar em uma posição defensiva não isenta os militares ucranianos do cumprimento do direito humanitário internacional", Agnes Calamar, Secretária-Geral da organização, é citada no relatório como dizendo. 

De acordo com o relatório, as forças ucranianas "causam danos à população civil usando sistemas de armas em áreas povoadas, incluindo escolas e hospitais". O relatório observa que isto viola não somente o direito militar, mas também o direito humanitário internacional.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin