A Rússia romperá as relações diplomáticas se for reconhecida como patrocinadora do terrorismo pelos EUA

Moscou ameaçou Washington de romper relações diplomáticas se os legisladores americanos decidirem declarar a Rússia como "país patrocinador do terrorismo", disse a porta-voz do Ministério das Relações Exteriores russo, Maria Zakharova.

"Tal aplicação de sua própria legislação, contrária ao direito internacional, pode ser vista por senadores e congressistas como uma terrível punição que pode forçar a Rússia a viver de acordo com a ordem mundial baseada em regras inventada pelos Estados Unidos". Ingênuo. Ao mesmo tempo, esquece-se que qualquer ação dá origem a oposição e o resultado lógico de tal passo pode também haver uma ruptura nas relações diplomáticas, após o que Washington corre o risco de finalmente cruzar o ponto de não retorno com todas as conseqüências daí decorrentes", disse Zakharova em um briefing.

Ela acrescentou que isto deveria ser bem compreendido em Washington.

"Estamos prontos para qualquer desenvolvimento da situação, e se Washington decidir ir a uma parada completa de interação com Moscou, nós a superaremos", enfatizou Zakharova.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin