Gazprom reduz fornecimento de gás à Itália

Gazprom reduz o fornecimento de gás à Itália em 15%

"A Gazprom informou a empresa italiana Eni que está a cortar o fornecimento de gás em 15%.

"Os abastecimentos foram cortados em cerca de 15% a partir de quarta-feira", disse um porta-voz da Eni Novosti à RIA.

De acordo com a fonte, a empresa russa de energia não explicou porque tomou tal decisão.

Em Maio, ficou conhecido que Eni tinha concordado em abrir uma conta dupla com o Gazprombank para pagar o fornecimento de gás russo em rublos.

A Rússia fornece à Itália 29 mil milhões de metros cúbicos de gás por ano, cobrindo 40 por cento das necessidades do país. Após o início da operação especial russa na Ucrânia, as autoridades italianas anunciaram que reduziriam a dependência dos abastecimentos de combustível da Rússia.

O Primeiro Ministro italiano Mario Draghi declarou que este objectivo seria alcançado até 2024. Entretanto, o chefe da Eni, Claudio Descalzi, chama outra data - 2025.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal