Biden diz que o exército americano protegerá Taiwan em caso de ataque da China

Os militares americanos intervirão se Taiwan for atacado, embora Washington continue comprometida com a política de "uma só China", disse o presidente americano Joe Biden na segunda-feira.

"Sim, e esse é um compromisso que assumimos", disse Biden em uma conferência de imprensa em Tóquio, quando perguntado se os EUA estavam preparados para se envolver militarmente se necessário para "defender Taiwan".

Biden também ressaltou que a abordagem dos EUA à questão de Taiwan "não mudou em nada" e que Washington está comprometida com a "política de uma só China".

A questão de Taiwan surgiu em 1949, quando a República Popular Comunista da China foi proclamada, e parte do partido Kuomintang se estabeleceu na ilha de Taiwan. Pequim insiste na "uma só China", segundo a qual é impossível reconhecer simultaneamente tanto a RPC quanto a República da China em Taiwan. Ao mesmo tempo, quase todos os principais estados têm escritórios culturais e econômicos não-oficiais em Taipei.

A questão de Taiwan é uma das mais sensíveis nas relações EUA-China.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin