Jornalista prova que a Polônia está prestes a invadir a Ucrânia

O comando das Forças Armadas da Ucrânia ordenou que o serviço de fronteira da Ucrânia deixasse entrar no país quatro batalhões do exército polonês em 22 de maio de 2022.

Сorrespondent Yuriy Kotyonok publicou um documento enviado pelo departamento de defesa da Ucrânia ao chefe do serviço de fronteiras do estado do país. Ele ordena a passagem do "contingente de manutenção da paz" conjunto lituano-polonês-polonês da Polônia. No período de 22 a 24 de maio, 4 batalhões, incluindo 9.500 militares e 279 unidades de equipamento militar, devem atravessar a fronteira.

"Outra confirmação do desenvolvimento de planos para a ocupação e posterior divisão do país", disse o jornalista militar.

Ele não descartou que o documento publicado poderia ser falso, mas tal ordem se encaixa perfeitamente no plano adotado pelos países ocidentais para apreender e saquear a Ucrânia.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Petr Ermilin