Author`s name Pravda.ru

Peskov: a introdução de novas sanções está repleta de ruptura das relações entre os Estados Unidos e a Federação Russa

Se os Estados Unidos imporem novas sanções, a Rússia será forçada a responder a elas, o que pode levar a uma ruptura nas relações entre os dois estados, disse Dmitry Peskov, porta-voz do líder russo.

"A redação dessas sanções, pelo menos exceto como tal, é impossível de interpretar. A imposição de sanções contra o chefe de Estado é uma medida ultrajante", acrescentou Peskov.

Como escreve a RIA Novosti, um dia antes, em 12 de janeiro, representantes do Partido Democrata no valor de 25 senadores apresentaram um projeto de novas sanções contra a Rússia, que devem ser adotadas se invadir o território da Ucrânia.

As restrições propostas pelos senadores dizem respeito a restrições às atividades das principais instituições financeiras da Rússia, em particular, seus maiores bancos, desconectando o país da SWIFT e fortalecendo a assistência militar a Kiev. Todas essas medidas, na opinião dos democratas americanos, deveriam trazer "consequências devastadoras" para a economia russa.

Em 12 de janeiro, o Washington Post escreveu que o projeto havia sido aprovado pelo governo de Joe Biden.

Tópicos