Putin assinou um decreto sobre a admissão de bens da LPR e DPR para compras declaradas

O presidente russo, Vladimir Putin, ordenou o fornecimento de bens produzidos na autoproclamada LPR e DPR, igual ao acesso da Rússia ao mercado interno da Federação Russa.

Isso é relatado no decreto presidencial "Sobre a prestação de apoio humanitário à população de certas áreas das regiões de Donetsk e Lugansk da Ucrânia", publicado no portal oficial de informação jurídica na Internet.

A iniciativa é tomada "para o período até uma resolução política da situação em certas áreas das regiões de Donetsk e Luhansk da Ucrânia com base nos acordos de Minsk", diz o documento. O Governo da Federação Russa foi instruído a cumprir esta instrução dentro de um mês.

Além disso, os produtos das Repúblicas Populares de Donetsk e Lugansk serão removidos das cotas de exportação e importação da Rússia.