Afeganistão: Talibã usa Índia para fornecer heroína ao ocidente

De acordo com a Diretoria de Inteligência da Receita (DRI) da Índia, Hyderabad e outras cidades estão a ser utilizadas pelos Talibã para fornecer drogas ao Ocidente.

Nas últimas semanas, foram três remessas de heroína apanhadas no aeroporto de Hyderabad, suspeitas de terem ligações com grupos criminosos ligados aos Talibã e à exportação de heroína.

Moçambique é outro país mencionado nesta rede. Da Índia (Hyderabad, Bengaluru ou Nova Delhi), a heroina segue para Austrália ou então para Moçambique, Doha ou Joanesburgo na África do Sul, de onde chega a outros países do ocidente.

Numa entrevista com Times of Índia, um alto funcionário da DRI declarou que “A heroína de alta qualidade, uma marca registrada do Afeganistão controlado pelo Talibã, está sendo contrabandeada para Moçambique. De lá, segue para Joanesburgo, Doha e depois para cidades indianas, com destino à Austrália e outros países”.

Continuou: “Eles (contrabandistas) estão evitando os sul-africanos e usando outros cidadãos africanos para evitar agências em Joanesburgo. Embora os Talibã sejam a fonte, a operação é feita por cartéis de drogas africanos. O que se apanha nos aeroportos pode ser a ponta do iceberg. Os portos marítimos são a verdadeira preocupação”.

Pravda.Ru

Contacto: jornalpravda@gmail.com