Simpósio Nacional de Economia discutirá Desafios da Economia Brasileira

Simpósio Nacional de Economia discutirá Desafios da Economia Brasileira

Os principais desafios da economia brasileira serão discutidos por economistas de todo o Brasil no XXV Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia - SINCE, que ocorrerá em Natal, de 31 de agosto a 3 de setembro, no Praiamar Natal Hotel & Convention. Ainda dá tempo de se inscrever: o valor é de R$ 150,00 para estudantes, R$ 300,00 para economistas e R$ 330,00 para outros profissionais.

A palestra central irá abordar "Previdência e Assistência Social como instrumento para a redução da desigualdade no Brasil", assunto apresentado pelo economista Milko Matijascic, técnico em Planejamento e Pesquisa no Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA); e discutido pelos economistas Roberto Piscitelli (UnB) e Rogério Nagamine Costanzi (IPEA).

O primeiro dia (31/08) do Simpósio, com início às 19h, será marcado pela solenidade de abertura, tendo presença dos economistas Ricardo Valério, presidente do Conselho Regional de Economia do Rio Grande do Norte (CORECON - RN); Júlio Miragaya, presidente do Conselho Federal de Economia (Cofecon); Manuel Enriquez, presidente da Ordem dos Economistas do Brasil (OEB); Juarez Trevisan, presidente da Federação Nacional dos Economistas (FENECON); e demais autoridades convidadas. Na solenidade está prevista a entrega do XXII Prêmio Brasil de Economia e Destaque Econômico do Ano 2015, além da apresentação do XXII Congresso Brasileiro de Economia (CBE), a ser realizado em Belo Horizonte (MG), em 2017.

Nos demais dias do Congresso, mesas de debates sobre Estrutura e Conjuntura Econômica, Política e Social do Brasil; Aperfeiçoamento do Sistema Cofecon/Corecons; e Formação, Aperfeiçoamento Profissional e Mercado de Trabalho do Economista. Nesta edição, entra, de forma inédita o painel "A Mulher Economista no Mercado de Trabalho e nas Entidades Profissionais'', coordenada pela conselheira Bianca Lopes (CORECON-RO). O presidente do CORECON-RN, Ricardo Valério esclarece: "É importante e satisfatório tratar sobre este tema e fico imensamente feliz por sermos a primeira cidade sede do Simpósio a debatê-lo. É inaceitável que, em pleno século XXI, a mulher, em sua realidade, trabalhe de igual para igual e receba um salário inferior ao do homem devido o gênero".

Em paralelo ao Simpósio, acontece a etapa final da VI Gincana Nacional de Economia, realizada anualmente pelo Cofecon. Por meio de um jogo virtual, os participantes se deparam com um problema econômico e devem solucioná-lo usando conhecimento, estratégia e uma pitada de sorte. Cada carta do jogo representa uma decisão macroeconômica, que pode ter consequências como aumento da inflação ou recessão. Cada partida é realizada em três etapas, com objetivos diferentes. Ganha quem vencer duas delas. Ao todo, serão distribuídos R$ 7.200 em prêmios às melhores duplas classificadas.

 

Serviço

XXV Simpósio Nacional dos Conselhos de Economia

Data: 31/08 a 03/09

Local: Praiamar Natal Hotel & Convention

Informações, inscrições e programação completa em http://www.corecon-rn.org.br/since/