Acções dos EUA condenados por Igrejas

O Conselho Mundial das Igrejas, que congrega 340 igrejas em 120 países do mundo, considera a guerra dos EUA e seus aliados contra o Iraque como ilegal, amoral e insensata, declarou o Secretário-Geral do Conselho, Doutor Konrad Raiser, intervindo, quarta-feira numa conferência de imprensa em Moscovo.

No seu dizer, mudar o regime de governo no país por meio da ingerência política externa é um método ilegal na política externa. Na sua entrevista à RIA “Novosti” Raiser assinalou que os EUA pelas suas acções no Iraque, para além de criar uma situação difícil para si próprios, criaram ainda um “problema político global”. RIA Novosti