Presidente da Sérvia recebe cartas com ameaças de o matar

Uma carta dirigida ao nome do presidente da Sérvia , Boris Tadic, contem as ameaças de o matar por “traição dos interesses do país”, informa esta segunda-feira (05) o diário Blitz de Belgrado, segundo Ria Novosti.

O comunicado não informa quanto à da mensagem , mas há informações que as ameaças a líder sérvio se tornam mais freqüentes após a proclamação unilateral da independência de Kosovo em 17 de fevereiro. Tadic está acusado em aceitar a separação da província a cambio das garantias da admissão da Sérvia na União Européia.

Segundo o jornal , a carta enviada ao presidente diz, entre outras coisas , que Tadic “responderá pela traição e como traidor do povo sérvio, e levará um castigo merecido: uma baleada.