Google reforça a confidencialidade das suas pesquisas

 O Google planeia adoptar uma nova política de retenção de informação dos seus utilizadores, reforçando a confidencialidade das suas pesquisas, anunciou a empresa.

Segundo a Lusa, esta medida pressupõe reter durante menos tempo os dados sobre as buscas realizadas pelos seus utilizadores, uma informação que poderia ser usada nas investigações judiciais ou para vender produtos.

O Google, que até agora mantinha estes dados durante tempo indeterminado, vai eliminar dos seus servidores as informações que identificam os seus utilizadores, em cada 18 a 24 meses.

O motor de busca cumpre assim com uma proposta de lei norte-americana e a legislação de outros países que estipulam que os sítios de Internet devem manter as informações sobre os seus usuários pelo menos até dois anos.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal