Jogador de xadrez russo suspenso por seis meses devido ao apoio à operação espec

Membros do comitê de ética da Federação Internacional de Xadrez (FIDE) desqualificaram o grande mestre Sergey Karyakin por seis meses. O motivo foi seu apoio à operação especial militar da Rússia para impor a paz na Ucrânia.

"Sergey Karjakin foi considerado culpado de violar o artigo 2.2.10 do Código de Ética da FIDE, ele foi proibido por seis meses de participar como jogador em qualquer competição de xadrez da FIDE", escreveu o site oficial da Federação Internacional de Xadrez.

Seus representantes observaram que a opinião de Karyagin sobre a situação na Ucrânia foi avaliada negativamente nas redes sociais. O próprio jogador de xadrez disse que a FIDE "o tratou como um porco" quando decidiram desqualificá-lo, relata a RIA Novosti.

O presidente russo, Vladimir Putin, anunciou a missão militar em 24 de fevereiro deste ano. Ao mesmo tempo, o líder ressaltou que seu objetivo não é a ocupação da Ucrânia.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal