Paraolímpicos ucranianos se recusaram a deixar os russos na cerimônia de abertura

Paraolímpicos ucranianos se recusaram a deixar os russos na cerimônia de abertura

A cerimônia de abertura das Paraolimpíadas de Tóquio ocorreu no dia 24 de agosto.

O apresentador de TV Dmitry Guberniev falou na Match TV sobre a situação que surgiu durante a cerimônia de abertura dos Jogos Paraolímpicos em Tóquio.

Segundo Guberniev, o chefe do Comitê Paraolímpico da Ucrânia pediu aos atletas de seu país que deixassem a cerimônia para não ficarem perto dos representantes da Rússia. No entanto, nem todos os ucranianos concordaram com a decisão da liderança e permaneceram nas arquibancadas:

Muito bem, queridos amigos. Simplesmente ótimo. Posso apenas mais uma vez apoiar os maravilhosos atletas da Ucrânia.

Os Jogos Paraolímpicos de Tóquio serão realizados de 24 de agosto a 5 de setembro. Mais de quatro mil atletas de todo o mundo participarão da competição.

Anteriormente, o Pravda.Ru escreveu que em Kiev eles anunciaram o veredicto ao estado dos ucranianos que deixavam o país.

Pravda.Ru

Contacto: jornalpravda@gmail.com