Atleta russa perde perna

Médicos na Alemanha planejam amputar uma perna da atleta russa de trenó que permanece em coma induzido numa clínica após um acidente de trenó, de acordo com o treinador chefe da equipe nacional russa.

Irina Skvortsova, 21, sofreu várias operações, depois de sofrer rupturas múltiplas, incluindo para os quadris e costas em 23 de novembro, e permanece nos cuidados intensivos.

"Infelizmente, os médicos decidiram que uma perna terá de ser amputada", disse Vladimir Lyubovitsky citado pela agência Ves Sport.

"Os médicos disseram que a amputação irá aumentar as hipóteses da atleta de recuperação. Mas ninguém pode garantir a sua recuperação", disse o treinador à agência, acrescentando que a decisão final será feita após mais consultas.

Skvortsova saiu do coma durante momentos, fechando o punho mas fraca demais para falar. Os médicos russos chegaram à Alemanha na semana passada. Skvortsova foi gravemente ferida numa corrida de trenó no Konigssee, quando a equipe feminina russa tombou na pista e parou, após o qual a equipe masculina da Rússia bateu nas suas costas a toda a velocidade.

Lyubovitsky disse que a polícia alemã ainda anda para determinar de quem foi a culpa pelo acidente. "A investigação prossegue. Nosso advogado é positivo que nenhum dos atletas russos tem a culpa. Não está claro se a pessoa ou a organização será levado à justiça", o treinador disse à agência de notícias.

Investigadores disseram que os resultados preliminares da sonda mostraram que os juízes encarregados da faixa não fecharam-na depois do trenó das mulheres ter parado, dando o sinal a equipe dos homens a ir em frente para descer, apesar da exibição da luz vermelha.

Fonte: Ria Novosti