Guiné-Bissau ameaçada por gafanhotos

Como se Guiné-Bissau não tivesse problemas suficientes, novos enxames de gafanhotos estão a formar-se e podem vir a destruir o caju, que seria um revês sério para os já empobrecidos agricultores deste país.

A colheita de caju, que deveria ser cerca de 90.000 toneladas, poderá ser reduzido a zero se a comunidade internacional não ajudar, já que Guiné-Bissau não possui os recursos para combater este flagelo.

A FAO da ONU declarou recentemente que vai acompanhar a situação com equipas de peritos no campo, que irão monitorizar a situação durante os seguintes meses.

A FAO considera que só em Março/Abril é que se vai saber quais são os efeitos desses enxames sobre a agricultura local.

Djibril MUSSA PRAVDA.Ru GUINÉ-BISSAU