As mulheres de Guiné-Bissau

O quotidiano das mulheres na Guiné é o foco de uma nova exposição no Centro Cultural Português em Bissau.

“Substantivo Feminino” apresenta 30 pinturas do artista plástico guineense Nuno Tambá, vulgarmente conhecido como Jovem Nuno Drake Mars.

A guineense de 30 anos explicou que a exposição visa “contrariar a forma errada” como as mulheres são retratadas no país e rotuladas como “preguiçosas ou dependentes dos homens”.

Nuno disse ter testemunhado “a coragem” da guineense com base no exemplo da sua própria mãe.

"Sou filho de mãe solteira, ou seja, viúva. Meu pai morreu muito jovem. Fui criado por minha mãe e minha madrasta. Nossa casa fica quase colada ao mercado de Plubá, Feira da Cabaceira."

“Vejo ali o esforço que as mulheres fazem diariamente para sustentar a família”, disse a artista.

"Para mim, a mulher é tudo", explicou ao ser questionado por que criou os 30 quadros só de mulheres. criança no colo ou nas costas, e até meninas fazendo tarefas domésticas.

A acompanhar a exposição no Centro Cultural Português esteve o músico Eric Daró que interpretou canções relacionadas com o amor e as mulheres.

A socióloga Cadija Mané, disse que Nuno “conseguiu captar as dificuldades da mulher guineense”.

Tradução Djibril Mussa 

Fonte Africa News

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal