Lançamento da Cooperação Sul-Sul para a Iniciativa de Juízes para os países de língua portuguesa em África

A Escola Nacional de Juízes do Brasil, a Delegação Permanente do Brasil na UNESCO e o Setor de Comunicação e Informação da UNESCO cooperaram para desenvolver uma estratégia de cooperação Sul-Sul para apoiar ainda mais os atores judiciais de países de língua portuguesa na África no fortalecimento de suas capacidades em matéria de liberdade de expressão, o acesso à informação e a segurança dos jornalistas nas normas internacionais e regionais.

Como resultado, duas atividades principais serão implantadas em 2022:

(i) Uma Formação de Formadores para directores de escolas de juízes de países de língua portuguesa em África;

(ii) Oficinas em parceria com as escolas de magistrados acima mencionadas e previamente contratadas, para juízes locais e outros membros do judiciário. As oficinas acontecerão em países africanos de língua portuguesa.

Tendo em vista a importância e a visibilidade esperada dessas atividades em 2022, a Delegação Permanente do Brasil junto à UNESCO se compromete a coorganizar a cerimônia de lançamento desta nova cooperação Sul-Sul estratégica, na presença de Sua Excelência o Senhor Santiago Irazabal Mourão, Embaixador e Delegado Permanente do Brasil junto à UNESCO (atual presidente da Conferência Geral da UNESCO), Ministro Og Fernandes, Diretor das Escolas Nacionais de Juízes do Brasil e Delegados Permanentes dos países de língua portuguesa na África.

 

Fonte: UNESCO

Tradução exclusiva para Pravda.Ru

Acácio Banja