FPAN: Cabo Verde estuda opções para recuperação

FPAN: Cabo Verde estuda opções para recuperação

Cabo Verde estava presente no Fórum Político de Alto Nível realizado nas primeiras semanas de Julho, visando opções para o future na senda de recuperação económica.

O Relatório Nacional Voluntário de Cabo Verde foi apresentado no Fórum Político de Alto Nível em Nova Iorque pelo vice-primeiro-ministro de Cabo Verde, Olavo Correia. As metas apresentadas foram uma saída da situação económica atual, em que durante a pandemia o endividamento cabo-verdiano subiu para 154,9% do PIB, passando por:

Mais apoio internacional;

Perdão da dívida;

Aceleração de investimentos;

Consolidar a democracia inclusiva;

Criar uma nação digitalizada;

Fomentar uma economia resiliente;

Circulação no Atlântico Médio

O vice-primeiro-ministroafirmou que Cabo Verde foi um dos países mais afectados pela pandemia de Covid-19 nas áreas económica e social. Metas imediatas são a vacinação de pelo menos 70 por cento da população até ao fim do ano 2021 e a seguir, conseguir uma recuperação do turismo e consequentemente o crescimento económico. Durante a pandemia, 9 por cento dos postos de trabalho foram perdidos

Sucessos referidos no comunicado foi na área da igualdade de género – a violência doméstica diminiui bastante e a paridade entre os géneros aumentou em organismos de decisão política  e presença em iniciativas educativas; outra área de sucesso referida foi a da educação.

Pravda.Ru

Contacto: jornalpravda@gmail.com