Portugal: Primeiro-Ministro Sócrates apresenta a demissão

14774.jpegO Primeiro-Ministro de Portugal, José Sócrates, apresentou a sua demissão depois de todos os partidos da oposição na Assembleia da República terem recusado a passar a quarta versão do Programa de Estabilidade e Crescimento.

A vontade coletiva dos partidos na oposição representados no Parlamento (PSD - Sociais Democratas, centro-direita; CDS-PP - Cristãos Democratas, conservadores; CDU - Partido Comunista e Os Verdes; Bloco de Esquerda - coligação de várias formações da Esquerda) foi que não conseguiram associar-se a um quarto pacote de austeridade - consecutivo - que empurre a sociedade portuguesa aos limites.

O resultado é que o Primeiro-Ministro José Sócrates reconhece que não tem as condições para governar e apresentou a sua demissão ao Presidente, Aníbal Silva, que a aceitou.

O cenário mais provável agora é uma nova eleição legislativa.

João Santos

Pravda.Ru

 

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal