Repressão contra massas operárias em dia de Independência

Porém,no Estado de Sergipe-Brasil,as massas de excluidos (camponeses sem-terra,sem-teto,desempregados,militantes de partidos de esquerdae outros),ao tentarem participar do desfile, sob pleno regime do governo, de conotação operária,sofreram intensa repressão policial armada de pelotões de choque,sob o comando do Governador do Estado, representante do Partido do neoliberalismo.

Afinal surge um novo ditador no Brasil, pois se perpetua no poder,ao exercer seu terceiro mandato, eleito pelo povo.

Genaldo Vasconcelos Rezende Sergipe, BRASIL