Federação Russa retoma a compra de suínos no Brasil

Os municípios dos estados brasileiros de Santa Catarina e Rio Grande do Sul que não registraram ocorrência do mal de Aujeszky, doença que afeta o sistema nervoso dos suínos, poderão retomar as exportações de carne suína para a Federação Russa a partir de sexta-feira (13/06/03).

As cidades brasileiras que registraram casos da doença terão, no entanto, que aguardar um período de 12 meses, a partir da data do último caso, para voltar a vender para esse mercado. O Ministério da Agricultura do Brasil, que controla a venda desse produto, recebeu ontem um comunicado, enviado pela embaixada brasileira em Moscou, que registra que as autoridades da Federação Russa aceitam a volta dos negócios.

P.KAUL PRAVDA.Ru SANTA CATARINA BRASIL