Polícia suspeita os McCann esconderem o corpo da filha na Espanha

A Polícia Judiciária portuguesa suspeita que Kate e Gerry McCann realizaram à Espanha uma viagem na qual o casal teria transportado o corpo da filha Madeleine, 4, desaparecida desde o último dia 3 de maio no sul de Portugal.

Os agentes policiais estão analisando gravações de câmeras de segurança de circuito fechado, que indicam qual foi o percurso exacto dos McCann na Espanha, segundo Correio da Manhã.

Os detectives suspeitam que os pais transportaram o corpo da filha no porta-malas de seu veículo e o deixaram em território espanhol. A polícia espanhola entregou aos agentes portugueses várias horas de gravação que mostravam o Renault Scenic alugado pelo casal em lugares "onde não tinha nenhum sentido que estivesse o veículo".

Segundo  Correio da Manhã, no último dia 3 de agosto o casal de médicos foi com o Renault até Huelva, perto da fronteira com Portugal, como parte da campanha internacional para conseguir apoio no caso.

A polícia suspeita da data, três meses após o desaparecimento de Madeleine, e de duas horas nas quais não consegue detectar o veículo.

"É puramente sem sentido sugerir que eles viajaram para a Espanha com o corpo de Madeleine no porta-malas, enquanto eram acompanhados por vários fotógrafos", declarou uma amiga do casal.

"Estas acusações incomodam muito e são falsas. É necessário focar em encontrar a garota", acrescentou.

A Promotoria portuguesa recebeu os dez volumes de folhas com evidências encontradas pela polícia, mas determinou que não há informações suficientes para acusar os McCann.

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal