Brasil prossegue política africana

Brasil vai reabrir o seu Departamento de África no Ministério das Relações Exteriores para fortalecer o investimento e cooperação brasileira neste continente, onde vai abrir uma embaixada no São Tomé e Príncipe, o único país dos PALOPS onde não tinha uma missão diplomática.

Neste contexto, o MNE Celso Amorim irá viajar a Angola no início de Maio, antes duma visita oficial a África do Sul, uma visita que será seguida por Presidente Lula a vários países africanos ainda este ano.

Presidente Lula já declarou que o fortalecimento das relações com o continente africano é uma das mais importantes prioridades na sua política externa, garantindo que o Brasil será um parceiro importante nas áreas de investimento económico, intercâmbio cultural e trocas comerciais, especialmente com os PALOPs.

Márcia MIRANDA PRAVDA.Ru