Author`s name Pravda.ru

PM poderia ser envolvido com quadrilha que matou João Hélio

Um policial militar que presta serviço na região de Madureira pode estar envolvido na ação dos bandidos que mataram o menino João Hélio no dia 7 de fevereiro, durante roubo de carro, em Oswaldo Cruz, subúrbio carioca.

 O PM seria responsável pela receptação do veículo roubado pelos cinco acusados da morte de João Hélio – todos presos. O policial já estava sendo investigado por policiais da 30ª DP (Marechal Hermes) mas não foi incluído no inquérito enviado ao Ministério Público, com os nomes de cinco acusados - entre eles um adolescente de 16 anos .

O inquérito que apura o envolvimento do PM na quadrilha está sendo elaborado por uma equipe de policiais civis. Há informações de que a quadrilha que matou João Hélio roubou o Corsa da mãe do menino para atender a uma encomenda do policial.

Eles já teriam roubado três outros carros nos bairros de Oswaldo Cruz, Cascadura e Madureira para o receptador. O local de entrega teria sido a rua Caiari, mesmo local onde o Corsa, com o corpo do menino, foi abandonado, em Cascadura.

A morte de João Hélio chocou o País e reacendeu a discussão sobre a redução da maioridade penal, a necessidade de punição mais severa para menores envolvidos em crimes violentos e aos adultos que levarem menores ao crime.

 Fonte Terra

Subscrever Pravda Telegram channel, Facebook, Twitter

Author`s name: Pravda.Ru Jornal